quinta-feira, 12 de junho de 2014

Pensamento do dia


"Existem várias vias para aceder ao mundo espiritual e a meditação é uma delas. Hoje em dia, há cada vez mais pessoas a praticar meditação, mas ela só pode ser benéfica para aquelas que têm consciência de que tal prática exige uma grande disciplina interior, isto é, o domínio dos seus pensamentos, dos seus sentimentos, dos seus desejos, senão elas limitar-se-ão a vaguear nas regiões inferiores do plano astral.

Aí, elas remexem, por onde passam, toda a espécie de camadas obscuras, povoadas de entidades muitas vezes hostis aos humanos, e até correm os mesmos perigos que os imprudentes que se aventuram a atravessar de noite uma floresta infestada de tigres e de serpentes.

A prática da meditação exige, pois, que se comece por dominar e orientar as suas diferentes tendências psíquicas, para se ter um único propósito: aperfeiçoar-se.

Isto deve estar muito claro. A partir do momento em que souberdes afinar os vossos pensamentos, os vossos sentimentos e os vossos desejos por este diapasão – a ideia de aperfeiçoamento –, as experiências que fizerdes no mundo interior serão realmente benéficas.

Senão, este exercício tão útil e salutar pode tornar-se para vós uma aventura arriscada."
Fonte: MD

terça-feira, 10 de junho de 2014

Pensamento do dia


"Muitos dos obstáculos e dificuldades que nós encontramos na vida têm só como razão de ser obrigar-nos a seguir o único caminho pelo qual poderemos realizar a nossa predestinação de filhos e filhas de Deus!

Preside a todos os destinos uma grande sabedoria e devemos aceitar esta verdade para não agravarmos os nossos sofrimentos.

A Inteligência Cósmica nunca tem a intenção de nos esmagar, mas, com aquilo que nos dá e também
aquilo de que nos priva, ela põe-nos em situações onde somos obrigados a exprimir o que há de melhor em nós.

Para quem não vê saída no exterior, resta sempre a possibilidade de procurar uma saída em si mesmo trabalhando sem descanso pelo pensamento, pela imaginação, pela vontade.

O destino de cada um é uma linguagem especial que ele deve esforçar-se por interpretar. Todos os impedimentos, todas as provações que ele encontra no seu caminho têm como único propósito ensiná-lo a encontrar o que ele procura no mundo da alma e do espírito."
Fonte: MD

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Receba um Passe Virtual através dessa Foto !

Receba um Passe Virtual através dessa Foto !
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/photo/photo/show?id=6387740%3APhoto%3A1718516&xgs=1&xg_source=msg_share_photo

NO TEMPLO DO BEM - Emmanuel / Chico Xavier

Elogiável se te fará a beneficência nas atitudes, despendendo somas consideráveis, em favor dos necessitados, mas se buscares pessoalmente os irmãos infelizes, oferecendo-lhes o abraço de solidariedade e bom ânimo, brilhar-te-á no coração a bondade pura.
Cooperarás com expressiva parcela amoedada na obra assistencial aos doentes e serás, com isso, o credor de alegria e reconhecimento de muitos beneficiários na Terra, entretanto, se além disso, te confiares ao esforço de auxiliar ao enfermo e ao desvalido, com as próprias mãos, contarás com a ternura e com o agradecimento de outras muitas criaturas na Vida Maior.
Serás estimado por muita gente ao ceder as sobras de tua casa no socorro aos famintos e aos nus, no entanto, se renunciares um tanto, à satisfação dos próprios desejos, procurando os filhos do infortúnio, para reconfortá-los, serás louvado além do mundo.
Ensinarás o bem, escalando os galarins da popularidade, pelo verbo fácil que te fulgura na boca e serás, em razão disso, o favorito das multidões, durante algum tempo, mas se praticares a virtude que apregoas, sacrificando-te com sinceridade e devotamento, em auxílio dos que te rodeiam, iluminarás o caminho terrestre e viverás em longas filas de corações agradecidos.
Procuremos o bem, difundindo-o, exaltando-o e destacando-o, através de todas as oportunidades ao nosso dispor, entretanto diligenciemos honrá-lo, com a nossa integração em seus fundamentos e apelos.
Caridade ensinada melhora os ouvidos. Caridade praticada aprimora os corações. Dividir conscienciosamente os bens que retemos é sustentar a respeitabilidade humana.
Renunciar, a benefício do próximo, será sempre elevar-se.
Derramando os valores da própria alma, Jesus legou ao mundo os tesouros da Compreensão e da Paz.
Além de espalhar as possibilidades com que a Providência Divina nos abençoa a vida, forneçamos, no auxílio aos outros, algo de nosso tempo, de nosso suor, de nosso carinho e de nossos braços, na mobilização de nós mesmos, e estaremos transformando a própria existência num poema de luz e amor que possa acrescentar o amor e a luz sobre os quais o Cristo, entre os homens, vem construindo o Reino de Deus.
Do livro "Dinheiro"
de Emmanuel, obra psicografada por Francisco Cândido Xavier
Fonte: Revista "O Consolador
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1713776&xgs=1&xg_source=msg_share_post

EVANGELHO E EXCLUSIVISMO - Emmanuel

Quase todos os santuários religiosos divididos entre si, na esfera dogmática, isolam-se indebitamente, disputando privilégios e primazias. E até mesmo nos círculos da atividade cristã, o espírito de exclusivismo tem dominado grupos de escol, desde os primeiros séculos de sua constituição.

Em nome do Cristo, muitas vezes a tirania política e o despotismo intelectual organizaram guerras, atearam fogueiras, incentivaram a perseguição e entronizaram a morte.

Pretendendo representar o Mestre, que não possuía uma pedra onde repousar a cabeça dolorida, o Imperador Focas estabelece o Papado, em 607, exalçando a vaidade romana. Supondo agir na condição de seus defensores, Godofredo de Bulhão e Tancredo de Siracusa organizam, em 1096, um exército de 500.000 homens e estimulam conflitos sangrentos, combatendo pela reivindicação de terras e relíquias que recordam a divina passagem de Jesus pela Terra. Acreditando preservar-lhe os princípios salvadores, Gregório IX, em 1231, consolida o Tribunal da Inquisição, adensando a sombra e fortalecendo criminosas flagelações, no campo da fé religiosa. Convictos de garantir-lhe a Doutrina, os sacerdotes punem com o suplício e com a morte valorosos pioneiros do progresso planetário, quais sejam Giordano Bruno e João Huss.

Semelhantes violências, todavia, não passam de manifestações do espírito belicoso que preside as inquietudes humanas.

Cristo nunca endossou o dogmatismo e a intransigência por normas de ação.

Afirma não haver nascido par destruir a Lei Antiga, mas para dar-lhe fiel cumprimento.

Não hostiliza senão a perversidade deliberada.

Não guerreia.

Não condena.

Não critica.

Combate o mal, socorrendo-lhe as vítimas.

Dá-se a todos.

Ensina com paciência e bondade o caminho real da redenção.

Começa o ministério da palavra, conversando com os doutores do Templo, e termina o apostolado, palestrando com os ladrões.

A ninguém desdenha e os transviados infelizes lhe merecem mais calorosa atenção.

Prepara o espírito dos pescadores para os grandes cometimentos do Evangelho, com admirável confiança e profunda bondade, sem exigir-lhes qualquer atestado de pureza racial.

Auxilia mulheres desventuradas, com serenidade e desassombro, em contraposição com os preconceitos do tempo, trazendo-as, de novo, à dignidade feminina.

Não busca títulos e, sim, inclina-se, atencioso, para os corações.

Nicodemos, o mestre de Israel, e Bartimeu, o cego desprezado, recebem dEle a mesma expressão afetiva.

A intolerância jamais compareceu ao lado de Jesus, na propagação da Boa Nova.

O isolacionismo orgulhoso, na esfera cristã, é simples criação humana, fadado naturalmente a desaparecer, porque, na realidade, nenhuma doutrina, quanto o Cristianismo, trouxe, até agora, ao mundo atormentado e dividido os elos de amor e luz da verdadeira solidariedade.


Pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Roteiro, Médium: Francisco Cândido Xavier.
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1714815&xgs=1&xg_source=msg_share_post

Bom Dia com Allan Kardec


Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1720255&xgs=1&xg_source=msg_share_post

MODO DE SENTIR - Emmanuel / Chico Xavier

“Renovai-vos pelo espírito no vosso modo de sentir”.
PAULO, (Efésios, 4:23).
Há muitos séculos o homem raciocina, obediente a regras quase inalteradas, comparando fatores externos segundo velhos processos de observação; rege a vida física com grandes mudanças no setor das operações orgânicas fundamentais e maneja a palavra como quem usa os elementos indispensáveis a determinada construção de pedra, terra e cal.
Nos círculos da natureza externa, em si, as modificações em qualquer aspecto são mínimas, exceção feita ao progresso avançado nas técnicas da ciência e da indústria.
No sentimento, porém, as alterações são profundas.
Nos povos realmente educados, ninguém se compraz com a escravidão dos semelhantes, ninguém joga impunemente com a vida do próximo, e ninguém aplaude a crueldade sistemática e deliberada, quanto antigamente.
Através do coração, o ideal de humanidade vem sublimando a mente em todos os climas do Planeta.
O lar e a escola, o templo e o hospital, as instituições de providência e beneficência são filhos da sensibilidade e não do cálculo.
Um trabalhador poderá demonstrar altas características de inteligência e habilidade, mas, se não possui devoção para com o serviço, será sempre um aparelho consciente de repetição, tanto quanto o estômago é máquina de digerir, há milênios.
Só pela renovação íntima, progride a alma no rumo da vida aperfeiçoada.
Antes do Cristo, milhares de homens e mulheres morreram na cruz, entretanto, o madeiro do Mestre converteu-se em luz inextinguível pela qualidade de sentimento com que o crucificado se entregou ao sacrifício, influenciando a maneira de sentir das nações e dos séculos.
Crescer em bondade e entendimento é estender a visão e santificar os objetivos na experiência comum.
Jesus veio até nós a fim de ensinar-nos, acima de tudo, que o Amor é o caminho para a Vida Abundante.
Vives sitiado pela dor, pela aflição, pela sombra ou pela enfermidade?
Renova o teu modo de sentir, pelos padrões do Evangelho, e enxergarás o Propósito Divino da Vida, atuando em todos os lugares, com justiça e misericórdia, sabedoria e entendimento.
Livro: Fonte Viva, lição 67 – Médium: Chico Xavier – Espírito: Emmanuel.
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1715566&xgs=1&xg_source=msg_share_post

O MINUTO - André Luiz

A conduta indica a orientação espiritual da criatura.
Surge o ideal realizado, consoante o esforço de cada um.
Amplia-se o ensino, conforme a aplicação do estudante.
Eternidade não significa inércia, mas dinamismo incessante.
O caminho é infinito.
Quem estabelece a rota da viagem é o viajor.
Continua, pois, em marcha perseverante, gastando sensatamente o tesouro dos dias.
Em sessenta segundos, a lágrima pode transformar-se em sorriso, a revolta em resignação e o ódio em amor.
Nessa mínima parcela da hora, liberta-se o espírito do corpo humano, a flor desabrocha, o fruto maduro cai da árvore e a semente inicia a germinação da energia latente.
Analisa o que fazes de tão valiosa partícula de tempo.
Num só momento, o coração escolhe roteiro para o caminho.
Com o Evangelho na consciência, o lazer é tão-somente renovação de serviço sem mudança de rumo.
Não desprezes o tempo, em circunstância alguma, pois quem espera a felicidade se esmera em construí-la.
A hora perdida é lapso irreparável.
Dominar o relógio é coordenar os sucessos da vida.
Nos domínios do tempo, controlamos a hora ou somos ignorados por ela.
Por isso, quanto mais a alma se eleva em conhecimento, mais governa os próprios horários.
Lembra-te de que as edificações mais expressivas são formadas por agentes minúsculos e de que o século existe em função dos minutos.
Não faz melhor quem faz mais depressa, mas sim quem faz com segurança e disciplina, articulando ordenadamente os próprios instantes.
Observa os celeiros de auxílio de que dispões e não hesites.
Distribui os frutos da inteligência.
Colabora nas tarefas edificantes.
Estende a solidariedade a benefício de todos.
Fortalece o ânimo dos companheiros.
Não te canses de ajudar para que se efetue o melhor.
O manancial do bem não tem fundo.
A paz coroa o serviço.
E quem realmente aproveita o minuto constrói caminho reto para a conquista da vitória na Divina Imortalidade.
pelo Espírito André Luiz
Do livro: "Sol nas Almas"
Médium: Waldo Vieira
Fonte: CACEF
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1720084&xgs=1&xg_source=msg_share_post

VALEI-VOS DA LUZ - Emmanuel / Chico Xavier

“Andai enquanto tendes a luz, para que as trevas não vos apanhem.” — Jesus
[João, Capítulo 12, Versículo 35]


O homem de meditação encontrará pensamentos divinos, analisando o passado e o futuro.

Ver-se-á colocado entre duas eternidades — a dos dias que se foram e a que lhe acena do porvir.

Examinando os tesouros do presente, descobrirá suas oportunidades preciosas.

No futuro, antevê a bendita luz da imortalidade, enquanto que no pretérito se localizam as trevas da ignorância, dos erros praticados, das experiências mal vividas. Esmagadora maioria de personalidades humanas não possui outra paisagem, com respeito ao passado próximo ou remoto, senão essa constituída de ruína e desencanto, competindo-as a revalorizar os recursos em mão.

A vida humana, pois, apesar de transitória, é a chama que vos coloca em contacto com o serviço de que necessitais para a ascensão justa. Nesse aben-çoado ensejo, é possível resgatar, corrigir, aprender, ganhar, conquistar, reunir, reconciliar e enriquecer-se no Senhor.

Refleti na observação do Mestre e apreender-lhe-eis o luminoso sentido. Andai enquanto tendes a luz, disse Ele.

Aproveitai a dádiva de tempo recebida, no trabalho edificante.

Afastai-vos da condição inferior, adquirindo mais alto entendimento.

Sem os característicos de melhoria e aprimoramento no ato de marcha, sereis dominados pelas trevas, isto é, anulareis vossa oportunidade santa, tornando-vos aos impulsos menos dignos e regressando, em seguida à morte do corpo, ao mesmo sítio de sombras, de onde emergistes para vencer novos degraus na sublime montanha da vida.


Do livro: Pão Nosso
Emmanuel/Chico Xavier
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1720257&xgs=1&xg_source=msg_share_post

PRECE - André Luiz / Chico Xavier


Senhor Jesus:

Disseste-nos, um dia: “busca e acharás”.
Não te rogamos, assim, tão-só para que nos guies
a procura dos valores reais da vida.

Pedimos ainda mais.

Quando estivermos na posse das concessões que esperamos,
não nos deixes marginalizados nos adornos da virtude vazia,
nem nos permitas caminhar sob os enganos da auto-suficiência.

Auxilia-nos a respeitar as bênçãos de Deus e a convertê-las em
atividade e serviço na edificação do teu Reino de Amor,
hoje e sempre.
Pelo Espírito André Luiz
Do livro: "Busca e Acharás"
Médium: Francisco Cândido Xavier
Fonte: Centro Espírita Caminhos de Luz-Pedreira-SP-Brasil
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1714649&xgs=1&xg_source=msg_share_post

terça-feira, 3 de junho de 2014

Boa Noite com Emmanuel - Aceita a Correção


"E, na verdade, toda correção, no presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas, depois, produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela".

Paulo (HEBREUS, 12:11)

A terra, sob a pressão do arado, rasga-se e dilacera-se, no entanto, a breve tempo, de suas leiras retificadas brotam flores e frutos deliciosos.

A árvore, em regime de poda, perde vastas reservas de seiva, desnutrindo-se e afeando-se, todavia, em semanas rápidas, cobre-se de nova robustez, habilitando-se à beleza e à fartura.

A água humilde abandona o aconchego da fonte, sofre os impositivos do movimento, alcança o grande rio e, depois, partilha a grandeza do mar.

Qual ocorre na esfera simples da Natureza, acontece no reino complexo da alma.

A corrigenda é sempre rude, desagradável, amargurosa; mas, naqueles que lhe aceitam a luz, resulta sempre em frutos abençoados de experiência, conhecimento, compreensão e justiça.

A terra, a árvore e a água suportam-na, através de constrangimento, mas o Homem, campeão da inteligência no Planeta, é livre para recebê-la e ambientá-la no próprio coração.

O problema da felicidade pessoal, por isso mesmo, nunca será resolvido pela fuga ao processo reparador.

Exterioriza-se a correção celeste em todos os ângulos da Terra.

Raros, contudo, lhe aceitam a bênção, porque semelhante dádiva, na maior parte das vezes, não chega envolvida em arminho, e, quando levada aos lábios, não se assemelha a saboroso confeito.

Surge, revestida de acúleos ou misturada de fel, à guisa de remédio curativo e salutar.

Não percas, portanto, a tua preciosa oportunidade de aperfeiçoamento.

A dor e o obstáculo, o trabalho e a luta são recursos de sublimação que nos compete aproveitar.

Do livro Fonte Viva
Francisco Cândido Xavier
Ditado pelo Espírito Emmanuel
Fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blog/show?id=6387740%3ABlogPost%3A1716146&xgs=1&xg_source=msg_share_post

O Gambá e o Ouriço, Meimei / Chico Xavier - Espiritualidade para Crianças

Em mata muito bonita, vivia um pequeno Ouriço com sua família.
Certo dia, saindo para procurar comida, o Ouriço encontrou um animal que ele não conhecia. Tinha os pelos do corpo pretos e uma interessante faixa branca que ia da cabeça até o rabo.
Eles se olharam com curiosidade. O Ouriço perguntou ao animalzinho:
— Quem é você?
E o outro respondeu:
— Meu nome é Gambá. E o seu?
— Eu sou Ouriço.
Os dois ficaram se observando, enquanto procuravam o que comer. De repente, eles viram um apetitoso almoço.
Ambos correram para pegar a comida, mas chegaram ao mesmo tempo.
Olhando-se agora com estranheza, ambos irritados, reagiram ao mesmo tempo e, como era da natureza de cada um, o Gambá despejou uma secreção de cheiro horrível sobre o Ouriço; e o Ouriço arremessou seus espinhos sobre o Gambá, que fugiu assustado e gemendo de dor.
De maneira diferente, ambos sofreram com os ataques. O Ouriço não suportava o cheiro horroroso que ficara em seu corpo; revolvia-se no solo, mexendo o focinho e reclamando:
— Que horror!... Que fedor!...
Por sua vez, o Gambá sofria com os espinhos que ficaram enterrados em sua pele, causando-lhe muita dor, e gemia:
— Ui... Ui... Ui... Socorro!...
Mantendo distância um do outro, mesmo sofrendo, o Gambá e o Ouriço ficaram se olhando para ver qual deles ia desistir primeiro da comida. Durante horas ali permaneceram na mesma posição. O tempo passava, a fome aumentava, e nada!
Como, apesar do tempo e do sofrimento, nenhum dos dois resolvia desistir, a fome, cada vez maior, fez com que entrassem num acordo. Um deles propôs:
— Vamos dividir a comida? 
— Vamos — o outro concordou.
Depois de se alimentarem, já satisfeitos, o Gambá reclamou:
— Veja como você me deixou! Estou todo ferido!...
— E eu? Veja como estou! Tão fedorento que nenhum animal mais vai querer se aproximar de mim! Nem minha mãe e muito menos meus irmãos! — retrucou o Ouriço.
O Gambá pensou um pouco e propôs:
— Por que não ficamos amigos? Eu ajudo você a se livrar do cheiro e você me ajuda a retirar os espinhos das costas que tanto me ferem. O que acha?
— Tudo bem. Eu concordo. Não podemos continuar deste jeito! — aceitou o Ouriço.
Então, o Gambá levou o Ouriço até um riacho que corria ali perto e fez com que ele se lavasse bem. Depois, procurou umas folhas bem cheirosas — que era um segredo dele —, amassou-as e jogou-as sobre o corpo do Ouriço, retirando o cheiro ruim. 
Em seguida, o Ouriço, agora mais satisfeito e livre do cheiro, foi retirando os espinhos das costas do Gambá.
Afinal, depois de tudo resolvido, eles entenderam que ser amigo e respeitar o outro é sempre a melhor atitude para se viver sem problemas.
Desse dia em diante, eles passaram a brincar juntos, como bons companheiros. Quando se desentendiam, o problema era resolvido sempre em paz, pois ambos se lembravam do que poderia acontecer se ficassem bravos.
Assim devemos agir todos nós. Diante de um desentendimento, o melhor é conversar em paz e com respeito pelo outro, e tudo ficará bem!
MEIMEI
(Recebida por Célia Xavier de Camargo, em 28/10/2013.)
Fonte: Revista "O Reformador"

Fonte: http://www.espiritbook.com.br/group/evangelizacao-infantil-e-grupo-de-jovens/forum/topic/show?id=6387740%3ATopic%3A1715929&xgs=1&xg_source=msg_share_topic