domingo, 27 de abril de 2014

PRECE DA CARIDADE - Chico Xavier


Amigo.
Auxilia-me para que eu te consiga auxiliar.
Não me relegues ao amanhã e nem me ignores a presença.
O Senhor enviou-me ao teu encontro, para que eu te sirva de apoio na senda da evolução.
Em teu caminho, no entanto, estou entregue à tua vontade.

Hoje sou convite, ideia, sugestão...
Amanhã, porém, se quiseres, receber-me-ás na contabilidade da vida, por passaporte em demanda aos reinos da luz.
Emprega-me com bondade para que os outros nos acolham com entendimento e simpatia.

Protege-me contra a omissão.
Conduze-me no rumo daqueles que contam conosco, sem exigir que nos procurem.
Ajuda-me a ouvir qualquer irmão em dificuldade com paciência e compreensão para que não falte a esperança em todos aqueles que nos requisitem a companhia.

Deixa que o perdão e a tolerância nos sigam de perto, a fim de que as nossas palavras não se percam no vazio.
Agradece a moeda ou a migalha de recursos que o Céu te envie às mãos para a nossa lavoura no bem, mas não olvides que a nossa tarefa será sempre constituída de parcelas do nosso amor.

De ti depende a felicidade de prosseguirmos adiante, com a Bênção de Deus.

EMMANUEL
(MENSAGEM RECEBIDA PELO MÉDIUM FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER, NO LAR DA CARIDADE (EX-HOSPITAL DO PÊNFIGO), EM UBERABA, NA REUNIÃO PÚBLICA DA NOITE DE 14-04-1981).

Sem comentários:

Enviar um comentário