domingo, 19 de maio de 2013

Uma das mais importantes obras de Chico Xavier é encerrada em Uberaba


Filho adotivo do médium fechou as portas para a distribuição de alimentos.
Justificativa foi a falta de segurança do local, mas PM não confirma argumento.

Sopa Chixo Xavier (Foto: Reprodução/TV Integração)
Após 11 anos da morte do líder espírita Chico Xavier, uma das mais importantes obras construídas por ele terá fim em Uberaba: a distribuição de alimentos a pessoas carentes. O tradicional jantar às quintas-feiras, com distribuição de pão e leite, mais a entrega das cestas básicas aos sábados, não aconteceram mais. O filho adotivo do médium anunciou o encerramento das atividades, o que deixou muita gente surpresa.
O tradicional jantar foi servido pela última vez na semana passada. O trabalho, que começou pelas mãos de Chico Xavier em 1975, seguiu ajudando milhares de pessoas mesmo depois da morte do médium. As filas começavam cedo e todos saiam levando pão e leite. Para muitos, a única refeição completa da semana. Em datas comemorativas também era oferecido bolo e presente. Aos sábados havia distribuição de cestas básicas. O gesto de caridade que Chico pregava custava R$ 40 mil por mês, sendo que a maior parte era proveniente de doação de seguidores do médium.
O fechamento não está relacionado a problemas financeiros segundo o presidente da casa, Eurípedes Higino, que é filho adotivo de Chico Xavier. Ele não comentou o assunto, mas disse que a obra foi interrompida por causa da falta de segurança no local. O aposentado e voluntário da casa, Sebastião Cândido, disse que há alguns meses chegou a ser ameaçado na fila. “Já tiraram faca para a gente aqui. Já chamaram a gente de ladrão e acho que vai indo e a pessoa cansa”, argumentou.
Sobre esta possível falta de segurança, a Polícia Militar informou que só foi chamada ao local para controlar o trânsito e que desconhece problemas mais graves. “Estivemos por quatro vezes no local por ocorrências de trânsito apenas. Não fomos acionados por alguém brigando, por furto, por lesão corporal, assalto ou qualquer outro tipo de ocorrência. Esta informação será passada para o comandante da Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) para fazer o contato com esta casa. Já que eles não fizeram contato com a PM, a polícia vai até eles fazer o contato e fazer a verificação do que está acontecendo”, esclareceu o capitão da PM, José Renato Silva.
Sopa Chixo Xavier (Foto: Reprodução/TV Integração)Trabalho começou peloas mãos de Chico Xavier em 1975 (Foto: Reprodução/TV Integração)
Para quem recebia as doações e para quem se doava trabalhando, a obra já está fazendo falta. Muitos moradores foram pegos de surpresa. Por volta das 17h30 da última quinta-feira (16) o sorveteiro Gilmar Germano foi ao local e o encontrou fechado. “Eu parava o serviço e vinha para cá, pegava minha ‘jantinha’, ficava com a ‘barriguinha cheia’, pegava um leite e um pão e ia embora", lembrou. Surpresa também para Dorival Geral da Silva, aposentado que frequentava a casa assistencial de Chico Xavier há quase 20 anos. “Eu acho que tinha que continuar”, reforçou o aposentado, Dorival Geraldo da Silva.
Todos os sábados, no início da tarde, Chico Xavier se sentava na sombra de um abacateiro para uma grande distribuição de alimentos, remédios e roupas. Não era preciso uma senha, nem ter o nome em uma lista. Quem chegava levava as sacolas com donativos. Mas depois de 40 anos de caridade o portão da entidade foi trancado e um aviso foi colocado. Agora só serão doadas peças de enxoval, e em outro lugar.
Para a diarista Abadia Ferreira Souza o fim da obra assistencial de Chico tem um significado muito forte. Ela era uma das voluntárias no projeto e vive no local onde tudo começou. “É um trabalho que eu acho que nunca deveria acabar. Tinha de ir passando de mão em mão e, se um não der conta, podia passar para outro. Eu sinto muita tristeza de pensar que vai acabar, porque assim como eu recebia eu fico muito feliz que outros recebam ajuda”, comentou.
Sopa Chixo Xavier (Foto: Reprodução/TV Integração)Trabalhou durou 11 anos após a morte do médium (Foto: Reprodução/TV Integração)Fonte: G1

Sem comentários:

Enviar um comentário