segunda-feira, 27 de maio de 2013

Não desanime



Quando você se observar, à beira do desânimo, acelere o passo para frente, proibindo-se parar.
Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras.
Faça algo de bom, além do cansaço em que se veja.
Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de idéias.
Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual.
Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos.
Preste um favor, especialmente aquele favor que você esteja adiando.
Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas.
Atenda às tarefas imediatas que esperam por você e que lhe impeçam qualquer demora nas nuvens do desalento.
Guarde a convicção de que todos estamos caminhando para adiante, através de problemas e lutas, na aquisição de experiência, e de que a vida concorda com as pausas de refazimento das nossas forças, mas não se acomoda com a inércia em momento algum.

Médium: Chico Xavier Autor: André Luiz  

domingo, 19 de maio de 2013

Uma das mais importantes obras de Chico Xavier é encerrada em Uberaba


Filho adotivo do médium fechou as portas para a distribuição de alimentos.
Justificativa foi a falta de segurança do local, mas PM não confirma argumento.

Sopa Chixo Xavier (Foto: Reprodução/TV Integração)
Após 11 anos da morte do líder espírita Chico Xavier, uma das mais importantes obras construídas por ele terá fim em Uberaba: a distribuição de alimentos a pessoas carentes. O tradicional jantar às quintas-feiras, com distribuição de pão e leite, mais a entrega das cestas básicas aos sábados, não aconteceram mais. O filho adotivo do médium anunciou o encerramento das atividades, o que deixou muita gente surpresa.
O tradicional jantar foi servido pela última vez na semana passada. O trabalho, que começou pelas mãos de Chico Xavier em 1975, seguiu ajudando milhares de pessoas mesmo depois da morte do médium. As filas começavam cedo e todos saiam levando pão e leite. Para muitos, a única refeição completa da semana. Em datas comemorativas também era oferecido bolo e presente. Aos sábados havia distribuição de cestas básicas. O gesto de caridade que Chico pregava custava R$ 40 mil por mês, sendo que a maior parte era proveniente de doação de seguidores do médium.
O fechamento não está relacionado a problemas financeiros segundo o presidente da casa, Eurípedes Higino, que é filho adotivo de Chico Xavier. Ele não comentou o assunto, mas disse que a obra foi interrompida por causa da falta de segurança no local. O aposentado e voluntário da casa, Sebastião Cândido, disse que há alguns meses chegou a ser ameaçado na fila. “Já tiraram faca para a gente aqui. Já chamaram a gente de ladrão e acho que vai indo e a pessoa cansa”, argumentou.
Sobre esta possível falta de segurança, a Polícia Militar informou que só foi chamada ao local para controlar o trânsito e que desconhece problemas mais graves. “Estivemos por quatro vezes no local por ocorrências de trânsito apenas. Não fomos acionados por alguém brigando, por furto, por lesão corporal, assalto ou qualquer outro tipo de ocorrência. Esta informação será passada para o comandante da Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) para fazer o contato com esta casa. Já que eles não fizeram contato com a PM, a polícia vai até eles fazer o contato e fazer a verificação do que está acontecendo”, esclareceu o capitão da PM, José Renato Silva.
Sopa Chixo Xavier (Foto: Reprodução/TV Integração)Trabalho começou peloas mãos de Chico Xavier em 1975 (Foto: Reprodução/TV Integração)
Para quem recebia as doações e para quem se doava trabalhando, a obra já está fazendo falta. Muitos moradores foram pegos de surpresa. Por volta das 17h30 da última quinta-feira (16) o sorveteiro Gilmar Germano foi ao local e o encontrou fechado. “Eu parava o serviço e vinha para cá, pegava minha ‘jantinha’, ficava com a ‘barriguinha cheia’, pegava um leite e um pão e ia embora", lembrou. Surpresa também para Dorival Geral da Silva, aposentado que frequentava a casa assistencial de Chico Xavier há quase 20 anos. “Eu acho que tinha que continuar”, reforçou o aposentado, Dorival Geraldo da Silva.
Todos os sábados, no início da tarde, Chico Xavier se sentava na sombra de um abacateiro para uma grande distribuição de alimentos, remédios e roupas. Não era preciso uma senha, nem ter o nome em uma lista. Quem chegava levava as sacolas com donativos. Mas depois de 40 anos de caridade o portão da entidade foi trancado e um aviso foi colocado. Agora só serão doadas peças de enxoval, e em outro lugar.
Para a diarista Abadia Ferreira Souza o fim da obra assistencial de Chico tem um significado muito forte. Ela era uma das voluntárias no projeto e vive no local onde tudo começou. “É um trabalho que eu acho que nunca deveria acabar. Tinha de ir passando de mão em mão e, se um não der conta, podia passar para outro. Eu sinto muita tristeza de pensar que vai acabar, porque assim como eu recebia eu fico muito feliz que outros recebam ajuda”, comentou.
Sopa Chixo Xavier (Foto: Reprodução/TV Integração)Trabalhou durou 11 anos após a morte do médium (Foto: Reprodução/TV Integração)Fonte: G1

Acalma-te



“...a Deus tudo é possível...”
Jesus - MATEUS 19: 26

Seja qual for a perturbação reinante, acalma-te e espera, fazendo o melhor que possas.
Lembra-te de que o Senhor Supremo pede serenidade para exprimir-se com segurança.
A terra que te sustenta o lar é uma faixa de forças tranqüilas.
O fruto que te nutre representa um ano inteiro de trabalho silencioso da árvore generosa.
Cada dia que se levanta é convite de Deus para que lhe atendamos à Obra Divina, em
nosso próprio favor.
Se te exasperas, não Lhe assimilas o plano.
Se te afeiçoas à gritaria, não Lhe percebes a voz.
Conserva-te, pois, confiante, embora a preço de sacrifício.
Decerto, encontrarás ainda hoje, corações envenenados que destilam irritação e
desgosto, medo e fel.
Ainda mesmo que te firam e apedrejem, aquieta-te e abençoa-os com a tua paz.
Os desesperados tornarão à harmonia, os doentes voltarão à saúde, os loucos serão
curados, os ingratos despertarão...
É da Lei do Senhor que a luz domine a treva, sem ruído, sem violência.
Recorda-te que toda dor, como toda nuvem, forma-se, ensombra-se e passa...
Se outros gritam e oprimem, espancam e amaldiçoam, acalma-te e espera..
Não olvides a palavra do Mestre quando nos afirmou que a Deus tudo é possível, e,
garantindo o teu próprio descanso, refugia-te em Deus.
Chico Xavier - Emmanuel
Fonte: Mensagem Espirita

sábado, 18 de maio de 2013

Chico Xavier foi salvo por sua fé em Jesus Cristo?


Veja o ponto de vista de um líder cristão

Após reunir numerosos fatos que levam à uma falsa “mediunidade” do famoso líder espírita, Chico Xavier, na revista Apologética Cristã da edição de maio, o pesquisador religioso e jornalista Johnny Bernardo deu agora o seu ponto de vista sobre onde estaria o líder em um plano espiritual.

Se Chico Xavier foi para o céu depois de sua morte, é algo que o fundador do Instituto de Pesquisas Religiosas (INPR) não pode afirmar com certeza. Entretanto, Bernardo afirmou ao The Christian Post que “do ponto de vista cristão e bíblico, uma pessoa que morre sem o conhecimento de Deus e certeza da vida eterna em Cristo, não possui condições necessárias para entrar no Reino de Deus.”
Segundo a doutrina espírita, Jesus Cristo é considerado o guia e modelo para toda a humanidade. Entretanto, os espíritas não vêem Jesus Cristo como salvador e a única maneira de se chegar a Deus. Para eles, os ensinamentos de Jesus são vistos como um roteiro ético-moral que o homem possui.
De acordo com o jornalista cristão, apesar de Chico Xavier acreditar no ‘mundo espiritual’ e se dizer em constante contato com ‘espíritos’, “ele vivia em constante medo da morte”. Para ele, o seu contato com os espíritos, tratava-se de questões ligadas a aspectos pessoais, como intelectualidade, criptomnésia, esquizofrenia, falcatruas, entre outros.
Sua afirmação é baseada no relato do biógrafo do “médium”, o jornalista Marcel Sout Maior. Marcel escreveu em uma das páginas de As Lições de Chico Xavier: “Chico, o principal divulgador da sobrevivência do espírito e da vida depois da morte no Brasil, tinha medo de avião e adorava contar para os amigos os bastidores de uma de suas viagens aéreas, de Uberaba a Belo Horizonte, no longínquo ano de 1948.”
“O caso relatado por Marciel é apenas um dos vários encontros e desencontros do ‘médium’ mineiro com seu ‘guia’ espiritual, Emmanuel. O fato principal, por trás do relato, é que Chico Xavier não possuía convicções sólidas e necessárias quanto a vida após a morte, de seu encontro com Deus e segurança nos céus”, disse Bernardo ao CP.
O jornalista coloborador da revista Apologética Cristã insiste em dar às pessoas os fatos para que elas decidam se devem ou não seguir a obra do líder espírita.
De acordo com Bernardo, pessoas próximas ao “médium” presenciaram a “fraude do perfume” de Chico. Segundo eles, Chico utilizava um perfume para as pessoas pensarem que vinha dos espíritos.
“O ex-espírita e hoje diretor do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC), Waldo Viera, que, de 1955 a 1969, atuou ao lado de Chico Xavier, relatou, em palestra na sede do CEAC, que seu antigo parceiro de psicografias havia comprado, em SP, alguns frascos de perfume para serem usados na ‘incorporação’ do espírito de Sheila”, escreveu Bernardo ao CP.
De acordo com ele, o auxiliar do repórter José Hamilton Ribeiro, em visita ao 'médium’, em 1971, também falou sobre a fraude.
"Meu fotógrafo viu um dos assessores de Chico levantar o paletó discretamente e borrifar perfume no ar. As pessoas pensavam que o perfume vinha dos espíritos", disse Ribeiro, segundo Johnny.
Johnny relembrou outros fatos que descreditam o suposto “médium”: a declaração de seu sobrinho apontando que as psicografias de Chico Xavier seriam frutos da sua imaginação; o fato de o líder interrogar os familiares dos mortos para obter detalhes antes de iniciar suas sessões de psicografias, entre outros. E conclui que com base nisso, que não há lógica para que uma pessoa possa confiar nos seus escritos e mensagens.
“Podemos concluir, não há bases lógicas e sustentáveis para que uma pessoa confiar nos escritos e mensagem de Chico Xavier, dados os inúmeros fatos e denúncias que pesam contra o ‘médium’, como a psicografia de um espírito analfabeto, de uma pessoa que não existiu, e da tática utilizada pelos auxiliares do ‘médium’ que, minutos antes de iniciar a sessão de psicografias, interrogavam os familiares sobre aspectos dos entes falecidos com os quais queriam entrar em contato - fato comprovado pela própria Federação Espírita Brasileira que, segundo ela, os auxiliares de Chico realizavam entrevistas com os visitantes de até dez minutos.”
Fonte: CP Cristianismo

Oração Nossa



Senhor,
ensina-nos a orar sem esquecer o trabalho,
a dar sem olhar a quem,
a servir sem perguntar até quando,
a sofrer sem magoar seja a quem for,
a progredir sem perder a simplicidade,
a semear o bem sem pensar nos resultados,
a desculpar sem condições,
a marchar para a frente sem contar os obstáculos,
a ver sem malícia,
a escutar sem corromper os assuntos,
a falar sem ferir,
a compreender o próximo sem exigir entendimento,
a respeitar os semelhantes sem reclamar consideração,
a dar o melhor de nós, além da execução do próprio dever
sem cobrar taxas de reconhecimento.
Senhor,
fortalece em nós a paciência para com as dificuldades
dos outros, assim como precisamos da paciência dos outros
para com as nossas próprias dificuldades.
Ajuda-nos para que a ninguém façamos aquilo
que não desejamos para nós.
Auxilia-nos sobretudo a reconhecer que a nossa
felicidade mais alta será invariavelmente
aquela de cumprir os desígnios, onde e
como queiras, hoje, agora e sempre.
Chico Xavier
Fonte: Mensagem Espirita

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Recadinhos de Emmanuel


Conta com Deus
Não te queixes. Trabalha.
Não te desculpes. Aceita.
Não te lastimes. Age.
Não provoques. Silencia.
Não acuses. Ampara.
Não te irrites. Desculpa.
Não grites. Pondera e explica.
Não reclames. Coopera.
Não condenes. Socorre.
Não perturbes. Espera.
Nada exija dos outros.
Conta sempre com Deus.
Emmanuel
Psicografia de Francisco C.Xavier

Recadinhos de Emmanuel

domingo, 12 de maio de 2013

Boneca - Chico Xavier.


A LINDA HISTÓRIA DE `BONECA´- CACHORRA DE CHICO XAVIER

Chico Xavier tinha uma cachorra de nome Boneca, que sempre esperava por ele, fazendo grande festa ao avistá-lo.

Pulava em seu colo, lambia-lhe o rosto como se o beijasse.

O Chico então dizia:

– Ah Boneca, estou com muitas pulgas!

Imediatamente ela começava a coçar o peito dele com o focinho.

Boneca morreu velha e doente.

Chico sentiu muito a sua partida.

Envolveu-a no mais belo xale que ganhara e enterrou-a no fundo do quintal, não sem antes derramar muitas lágrimas.

Um casal de amigos, que a tudo assistiu, na primeira visita de Chico a São Paulo, ofertou-lhe uma cachorrinha idêntica à sua saudosa Boneca.

A filhotinha, muito nova ainda, estava envolta num cobertor e os presentes a pegavam no colo, sem contudo desalinhá-la de sua manta.

A cachorrinha recebia afagos de cada um.

A conversa corria quando Chico entrou na sala e alguém colocou em seus braços a pequena cachorra.

Ela, sentindo-se no colo de Chico, começou a se agitar e a lambê-lo.

- Ah Boneca, estou cheio de pulgas! disse Chico.

A filhotinha começou então a caçar-lhe as pulgas e parte dos presentes, que conheceram a Boneca, exclamaram:

- “ Chico, a Boneca está aqui, é a Boneca, Chico! ”

Emocionados, perguntamos como isso poderia acontecer.

O Chico respondeu:

- Quando nós amamos o nosso animal e dedicamos a ele sentimentos sinceros, ao partir, os espíritos amigos o trazem de volta para que não sintamos sua falta.

É, Boneca está aqui, sim e ela está ensinando a esta filhota os hábitos que me eram agradáveis.

Nós seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar.

Por isso, quem maltrata um animal é alguém que ainda não aprendeu a amar.
Postado por Frases de Reflexão às sábado, abril 20, 2013

Recadinho de Emmanuel


 
Na Forja da Vida
"Entrai pela porta estreita porque larga é a porta da perdição e espaçoso o caminho que a ela conduz e muitos são os que entram por ela."
(JESUS, Mateus, 7:13).
"Larga é a porta da perdição porque são numerosas as paixões más e porque o maior número envereda pelo caminho do mal."
(Alan Kardec. E.S.E, Cap. XVIII, 5)

Trazes contigo a flama do ideal superior e anelas concretizar os grandes sonhos de que te nutres, mas, diante da realidade terrestre, costumas dizer que a dificuldade é invencível.
Afirmas haver encontrado incompreensões e revezes, entraves e dissabores, por toda a parte, no entanto...
O pão que consomes é o resumo de numerosas obrigações que começaram no cultivo do solo; a vestimenta que te agasalha é o remate de longas tarefas iniciadas de longe com o preparo do fio; o lar que te acolhe foi argamassado com o suor dos que se uniram ao levantá-lo; a escola que te revela a cultura guarda a renunciação de quantos se consagram ao ministério do ensino; o livro que te instrui custou a vigília dos que sofreram para fixar, em caracteres humanos, o clarão das idéias nobres; a oficina que te assegura a subsistência encerra o concurso dos ceareiros do bem, a favor do progresso; o remédio que te alivia é o produto das atividades conjugadas de muita gente.
Animais que te auxiliam, fontes que te refrigeram, vegetais que te abençoam e objetos que te atendem, submetem-se a constantes adaptações e readaptações para que te possam servir.
Se aspiras, desse modo, à realização do teu alto destino, não desdenhes lutar, a fim de obtê-lo.
Na forja da vida, nada se faz sem trabalho e nada se consegue de bom sem apoio no próprio sacrifício.
Se queres, na sombra do vale, exaltar o tope do monte, basta contemplar-lhe a grandeza, mas se te dispões a comungar-lhe o fulgor solar na beleza do cimo, será preciso usar a cabeça que carregas nos ombros, sentir com a própria alma, mover os pés em que te susténs e agir com as próprias mãos.
Emmanuel/Francisco C. Xavier
Fonte: Espirit Book - Postado por Nilza Garcia 

Oração das Mães


Senhor!
Abriste-me o próprio seio e confiaste-me os filhos do Teu amor.
Não me deixes sozinha na estrada a percorrer.
Nas horas de alegria, dá-me temperança.
Nos dias de sofrimento, sê minha força.
Ajuda-me a governar o coração para que meu sentimento não mutile as asas dos anjos tenros que me deste e adoça-me o raciocínio para que a minha devoção afetiva não converta em severidade arrasadora.
Defende-me contra o egoísmo para que a minha ternura não transforme em prisão daqueles que asilaste em meus braços.
Ensina-me a corrigir amando, para que eu não possa trair o mandato de abnegação que depuseste em meu espírito.
Nos minutos difíceis, inclina-me à renúncia com que devo iluminar o trilho daqueles que me cercam.
Senhor auxilia-me a tudo dar sem nada receber.
Mostra-me os horizontes eternos de Tua Graça, para que os desejos da carne não me encarcerem nas sombras.
Pai, sou também Tua filha!
Guia-me nos caminhos escuros, a fim de que saiba conduzir ao infinito Bem os promissores rebentos de Tua Glória.
Senhor, não me desampares!
Quando a Tua Sabedoria exigir o depósito de bênçãos com que me adornaste a estrada por empréstimo sublime, dá-me o necessário desapego para que eu Te restitua as jóias vivas do meu coração, com serenidade e alegria, e quando a vida me impuser em Teu nome, o desprendimento e a solidão, reaquece minh'alma ao calor do Teu Caminho Celeste para que eu venere a Tua vontade para sempre.
Assim seja.
Do livro: À LUZ DA ORAÇÃO Psicografia: Francisco Cândido Xavier - Meimei
Fonte: Espirit Book - Postado por Nilza Garcia

Líder espírita diz que número de seguidores não é maior preocupação


Uberaba é considerada uma cidade espírita. Muitos só conhecem o município por ser a terra em que o médium Chico Xavier desenvolveu os trabalhos dele. Entretanto, a pesquisa feita pelo Instituto Ápice apresentou uma diferença muito pequena entre o número de seguidores da Doutrina Espírita e de evangélicos.
.
Por outro lado, a pesquisa destacou que a quantidade de pessoas que seguem tal doutrina vem aumentando, e a presidente da Aliança Espírita de Uberaba, Sônia Barsante, comemora este resultado. “O Espiritismo vem crescendo de forma intensa. Mas, na verdade, não nos preocupamos com isso, o que mais precisamos na atualidade é de formar pessoas, tendo como o objetivo maior o amor a Deus e ao próximo”, diz.
.
Ainda segundo Sônia, a Aliança não tem uma pesquisa específica sobre a quantidade de espíritas na cidade, mas afirma que existem mais de 110 centros espíritas em Uberaba, podendo chegar a 150, se forem contabilizados os grupos espíritas. “Casas estas que estão sempre lotadas, com trabalhos de passe, atendimento fraterno e na exposição do Evangelho. Não tenho como dizer se este número apresentado na pesquisa está ou não de acordo com a realidade, apenas posso dizer que o Espiritismo em Uberaba é uma referência para o nosso país, e estamos satisfeitos com os moradores dessa cidade, que são generosos e colaboram bastante com todas as entidades assistenciais realizadas nas casas espíritas”, conclui Sonia.
Fonte: JM Online

sábado, 11 de maio de 2013

Violência leva centro de Chico Xavier a encerrar doação de sopa


A distribuição de sopa e de cestas básicas à população carente de Uberaba, que era realizada duas vezes por semana no Grupo Espírita da Prece há aproximadamente 54 anos, não acontecerá mais a partir deste sábado (11). Segundo o filho adotivo de Chico Xavier e administrador dos bens do médium, Eurípedes Higino dos Reis, o motivo seriam inúmeras agressões sofridas pelos membros do centro durante o atendimento.
.
A ação assistencial começou quando Chico Xavier se estabeleceu definitivamente em Uberaba, em casa localizada na avenida João XXIII, no bairro Parque das Américas, em 1959. Ainda de acordo com Higino, em média, eram atendidas, entre crianças e adultos, cerca de 700 a 800 pessoas por dia, ou seja, beneficiando em torno de 1.400 pessoas por semana.
.
No entanto, Eurípedes Higino justifica que decidiu encerrar os trabalhos assistenciais da casa porque nos últimos anos a violência direcionada aos membros do centro estava se tornando cada vez mais frequente, colocando-os em risco. “Porque teve várias agressões durante os últimos dois anos em que falaram até em matar gente. Até agressões vindas de vizinhos achando que o trabalho está incomodando, já que o povo junta na porta do centro. E também de pessoas que vão buscar as doações, são pessoas que chegam e esperam as coisas na hora que querem”, conta.
.
Perguntado se essas pessoas seriam encaminhadas a outro centro, Higino disse que não decide sobre isso. .
.
“Nunca tivemos o cadastro de ninguém, lá as pessoas compareciam em horários determinados espontaneamente. Como nunca recebemos verbas de ninguém, nem de governos federal, estadual ou municipal, então não temos que dar satisfação. Devido às agressões, que se intensificaram e foram mais constantes nos últimos dois anos, resolvi suspender o trabalho”, completa.
.
As reuniões, às quintas, sextas-feiras e sábados, a partir de 19h30, e a entrega de enxovais às gestantes, aos sábados, a partir de 17h, serão os únicos trabalhos que serão mantidos no Grupo Espírita da Prece após a decisão.
Fonte: JM Online

Em louvor das mães


O lar é a célula ativa do organismo social e a mulher, dentro dele, é a força essencial que rege a própria vida.
Se a criança é o futuro, no coração das mães repousa a sementeira de todos os bens e de todos os males do provir.
O homem é pensamento.
A mulher, o ideal.
O homem é a oficina.
A mulher, o santuário.
O homem realiza,
A mulher inspira.
Compreender a gloriosa missão da alma feminina, no soerguimento da Terra, é apostolado fundamental do Cristianismo renascente em nossa Doutrina Consoladora.
Auxiliar, assim, o espírito materno no desempenho de sua tarefa sublime constitui obrigação primária de todos nós que abraçamos nos Centros Espíritas novos lares de idealismo superior e que buscamos na Boa Nova do Divino Mestre a orientação maternal para a renovação de nossos destinos.
Nesse sentido, se nos cabe reconhecer no homem o condutor da civilização e o mordomo dos patrimônios materiais na gleba planetária, não podemos esquecer que, na mulher, devemos identificar o anjo da esperança, ternura e amor descer para ajudar, erguer e salvar nos despenhadeiros da regenerativa, os tabernáculos de serviço e purificação.
Glorifiquemos, desse modo, o ministério santificante da maternidade na Terra, recordando que o Todo-Misericordioso, quando se dignou a enviar ao mundo o seu mais sublime legado para o aperfeiçoamento e para a elevação dos homens, chamou um coração de mulher, em Maria Santíssima, e, através das suas mãos devotadas à humildade e ao bem, à renunciação e ao sacrifício, materializou para nós o coração divino de Nosso Senhor Jesus Cristo, à luz de todos os séculos e o alvo de redenção da Humanidade inteira.
- Emmanuel-